Rally Minas Gerais: terreno liso igual sabão

São Pedro abusou da chuva e os competidores tiveram uma disputa no estilo "patinação no gelo" na abertura da temporada 2018 dos campeonatos Brasileiro de Rally Cross Country e Rally Baja.

12/03/2018 - 11:33:41

 

 

Marcado por terrenos extremamente lisos, controlar os veículos e mantê-los no curso foi uma missão quase que impossível. Com pouca aderência entre pneu e terreno, os pilotos precisaram mais do que braço e experiência... Foi preciso coragem para acelerar e executar manobras. Teve quem adotou uma tocada mais conservadora, e teve aqueles que arriscaram mais.

 

Foto: Cadu Rolim/DFOTOS

 

No domingo, às 8h, o Rally Minas Brasil foi retomado para um trecho cronometrado de 75 quilômetros. Pilotos e navegadores estavam prontos e dispostos a vencer – ainda que lutar pelo pódio em um terreno totalmente escorregadio, seria uma experiência extremamente alucinante. Mas, quem que participa do rali não busca por momentos de muita aventura e adrenalina?

 

Os carros foram os últimos a largar para a especial de 75 quilômetros, e eles literalmente, fizeram uma aula de “patinação” e passaram com nota 10. A dupla Marco Baumgart e Kleber Cincea foi a melhor da etapa, com o tempo de 01h30min10s. Eles foram seguidos por André Miranda e Cadu Sachs (01h32min14s), e Marcos Moraes e Fábio Pedroso (01h32min29s), nas segunda e terceira colocações, respectivamente.

 

Técnico e desafiador, o Rally Minas Brasil mostrou ao País a competência de seus organizadores e a qualidade técnica e a coragem de todos os inscritos no evento. No total foram cumpridos 231 quilômetros, que passaram pelas localidades de Itacolomi, Ouro Fino, Córregos, Santo Antônio do Cruzeiro, Tapera e Congonhas do Norte. A cada metro um desafio diferente pelas montanhas de Minas Gerais: erosões, trial, subidas e descidas íngremes pelas serras que descortinavam uma paisagem incrível. Ainda que na maior parte do roteiro o terreno estivesse escorregadio, houve momentos de grip bom, onde os off-roaders aproveitaram para recuperar tempo.

 

E, para fechar o Rally Minas Brasil com chave de ouro, nos Carros, a dupla Marcos Baumgart e Kleber Cincea – que guiou a Ford Ranger (picape sensação da temporada 2018), foi a grande vencedora, na marca de 04h56min19s. Com quase três minutos atrás, vieram Marcos Moraes e Fábio Pedroso (04h59min26s), e em terceiro, André Miranda e Cadu Sachs (05h03min42s). “Estamos bem satisfeitos com o resultado da equipe. Todos trabalharam muito para a preparação deste novo carro”, concluiu o piloto.

ser a porta que abre para o retorno deste esporte em Minas Gerais”, encerrou.

 

Classificação – Rally Minas Brasil - Segunda etapa - Categoria Carros

      1º Marcos Baumgart e Kleber Cincea, 01h30min10s

      2º André Miranda e Cadu Sachs, 01h32min14s

      3º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 01h32min29s

      4º Luiz Carlos Nacif e Neurivan Calado, 01h37min36s

      5º Paulo Roberto de Goes e Gustavo Schmidt, 01h41min06s

 

Classificação final – Rally Minas Brasil - Categoria Carros

      1º Marcos Baumgart e Kleber Cincea, 04h45min19s

      2º Marcos Moraes e Fábio Pedroso, 04h59min26s

      3º André Miranda e Cadu Sachs, 05h03min42s

      4º Luiz Carlos Nacif e Neurivan Calado, 05h12min25s

      5º Paulo Roberto de Goes e Gustavo Schmidt, 05h26min30s

 

O Rally Minas Brasil é uma realização da Prefeitura Municipal de Conceição do Mato Dentro, com organização da Rallymakers

Supervisão: CBM, CBA, FMEMG, FMA e RCMG

 

Fonte / Informações: Liberdade de Ideias / Isis Moretti

 

 

 

 

Últimos Posts

13/08/2018 - 08:12:03

Rally dos Sertões prepara grande chegada na Praia de Iracema, em Fortaleza

12/08/2018 - 14:02:28

32ª Edição do Piocerá traz de volta o VeloPiocerá

12/08/2018 - 13:57:56

Baja Hungria - Mundial FIA 2018: vitória de Nani Roma e Allex Bravo por 15 segundos

12/08/2018 - 12:50:55

Dakar 2019: Percurso definido na prova em território Peruano

 

Publicidade